Como fazer fogo sem fósforos [Guia]

Assim como abrigo e água, o fogo faz parte da lista de itens importantes para se sobreviver em terras inóspitas. O fogo oferece:

* calor no inverno;
* um meio de purificar água ou esterilizar implementos;
* calor para secar roupas;
* uma forma de cozinhar alimentos;
* senso de segurança e conforto;
* fumaça para sinalizar a equipes de resgate;
* calor para derreter gelo e neve e obter água potável;
* um meio de espantar animais perigosos;
* iluminação;
* fumaça para ajudar a repelir insetos
Há vários métodos para se fazer uma fogueira sem utilizar fósforos. Alguns são mais fáceis do que outros, mas todos requerem alguma prática.


Localização e preparação :
A localização é tudo na hora de se fazer o fogo. O primeiro passo para uma boa fogueira de acampamento é estudar o terreno que o cerca de modo a escolher o melhor local. Eis algumas das características que você deve procurar:
* solo seco
* superfície lisa
* proteção contra o vento
* acesso à lenha
* estar próximo ao local de abrigo
* estar próximo a uma fonte de água

Antes de começar a preparar a fogueira, você deve verificar se o local supre as suas necessidades de abrigo e água. Quando descobrir uma boa posição, remova a vegetação que encontrar e cave um fosso de cerca de 10 a 15 cm de profundidade com 1 m de diâmetro. Caso existam pedras grandes por perto, coloque-as em torno do fosso para ajudar a conter o carvão. Não use pedras de rio, pois elas podem rachar, arrebentar ou explodir quando aquecidas. Caso haja neve no chão, construa uma plataforma de ramos verdes e dimensões médias.

Depois de escavar o fosso, recolha a lenha. Fogueiras precisam começar pequenas e crescer aos poucos, de modo que é recomendável recolher pedaços de lenha de dimensões variadas:

* palhas e cascas – pegam fogo facilmente e ajudam a criar a fogueira
* lascas – de pequenos gravetos a toras médias;
* combustível – ramos e troncos maiores.

Muita coisa pode ser usada para iniciar as chamas, desde que os materiais estejam completamente secos. Por exemplo, pinhas, folhas caídas, cascas de árvore, penas de pássaros, bolas de algodão, fiapos de pano, musgos ressecados são alguns dos itens que podem ser usados. Caso você disponha de uma faca, remova a casca de uma árvore e obtenha lascas de madeira fresca do tronco. Caso use folhas ou pinhas, amasse-as em formato esférico.
As lascas usadas para acelerar a queima podem ser gravetos pequenos e médios, e também precisam estar secas. Se você incluir material úmido na fogueira, as chamas se extinguirão antes que cheguem ao material combustível de duração mais longa. As lascas de aceleração devem ter tamanho de entre 5 e 20 cm.

Uma boa referência para recolher madeira é apanhar a quantidade que você acredita necessária e então duplicá-la. A madeira será consumida muito mais rápido do que você imagina e a última coisa que você irá desejar é ficar sem fogo no meio da noite. Quando houver madeira suficiente, empilhe-a perto do fogo em pilhas de dimensões semelhantes. Se você tiver conseguido madeira molhada, faça o que puder para começar a fogueira e depois coloque os troncos e ramos molhados nas proximidades. Quando eles secarem, acrescente-os à fogueira e coloque mais madeira úmida em volta.

Uma fagulha basta:
Você preparou o fosso para sua fogueira e recolheu madeira suficiente. Agora é hora de fazer a fogueira. Existem vários métodos “primitivos” de se começar uma fogueira e alguns são mais fáceis do que outros. Paciência e calma são essenciais quando você está tentando acender uma fogueira. As técnicas seguintes usam elementos improvisados ou levados com você.

Método da lente

Essa técnica envolve o uso de uma lente de aumento em um dia de sol. Também se pode usar a lente de uma câmera desmontada ou de um binóculo.

* Forme uma pilha de material combustível no centro do fosso.
* Segure a lente a cerca de 30 cm acima da pilha.
* Oriente a lente para que o sol se concentre em um pedaço pequeno.
* O material combustível deve começar a queimar rapidamente.
* Sopre o material para acelerar a ignição e alimente a chama com faíscas até que o fogo se estabilize.

Método da bateria

Se você se perdeu com seu carro, você pode utilizar a bateria dele para criar a fagulha.

* Encontre alguns fios do veículo (qualquer fio do motor serve).
* Prenda dois pedaços de fio a cada terminal da bateria.
* Reúna o material inflamável e encoste os fios por sobre ele (isso deve criar uma fagulha e o material vai começar a queimar).
* Sopre gentilmente para alimentar a chama.
* Quando o material estiver aceso, leve-o rapidamente ao fosso da fogueira e acrescente lascas para acelerar a combustão.

Método da lata de refrigerante e chocolate

Como muita gente não recolhe o lixo que deixa em locais de acampamento, você pode achar uma lata de refrigerante na mata. Caso você tenha chocolate, creme dental ou detergente em pó, use o método a seguir.

* Esfregue chocolate ou outro abrasivo no fundo da lata.
* Use a embalagem do chocolate ou uma peça de roupa para esfregar a lata e poli-la.
* Acrescente chocolate e continue polindo por cerca de 30 minutos.
* Remova o abrasivo da lata com água. Você quer uma superfície brilhante e reflexiva.
* Quando tiver uma boa superfície, incline a lata para o sol e segure material inflamável a cerca de 2 cm do centro da lata.
* Como uma lente convexa, a lente produzirá um foco de calor concentrado e o material começará a queimar.
* Assopre gentilmente para espalhar a chama e transfira o material rapidamente para a área da fogueira.
* AVISO – não coma o chocolate ou pasta de dente que usou porque ele conterá alumínio, produto altamente tóxico.

Fogo por atrito em placa :

* Encontre uma peça de madeira macia com cerca de 45 cm de comprimento e 5 cm de largura que servirá como placa de atrito. Salgueiros e álamos fornecem boa madeira para isso e é fácil encontrá-los perto de rios e lagos.
* Escave uma ranhura de 2,5 cm de largura e de 15 a 20 cm de comprimento no centro da placa, a cerca de 5 cm de qualquer das duas pontas. Use uma faca ou uma pedra afiada.
* Encontre um graveto de madeira sólida para gerar o atrito. O comprimento da peça deve ser de cerca de 30 cm e uma das extremidades precisa ser pontiaguda.
* Coloque a placa no chão e insira o graveto na ranhura.
* Mova o graveto para frente e para trás ao longo da ranhura com pressão moderada, a fim de criar pequenas porções de serragem.
* Quando houver um volume suficiente de serragem, eleve a ponta da placa e a apóie no joelho. A serragem se acumulará na ponta mais baixa da ranhura.
* Esfregue a ranhura o mais rápido possível com o graveto, exercendo pressão forte, até que a serragem se inflame. Assopre lentamente o material inflamável até conseguir uma chama que você possa usar para iniciar a fogueira.

Fogo por arco

Trata-se de outro método de fricção que requer algum tempo de aperfeiçoamento. Os itens a seguir serão necessários.

* Soquete – pedra lisa, do tamanho da mão, com uma ligeira depressão de um lado.
* Broca – uma vara de madeira rígida e forte, com cerca de 30 cm de comprimento e de 3 a 5 cm de diâmetro.
* Placa base – uma placa lisa de madeira macia com cerca de 30 cm de comprimento, 15 cm de largura e 2 cm de espessura.
* Arco – uma vara flexível de madeira verde com cerca de 2,5 cm de diâmetro e de 45 a 60 cm de comprimento.
* Cordão – cordões de sapatos servem perfeitamente

Depois de reunir o material, é hora de acender o fogo.

* Crie uma depressão pequena e arredondada no centro da placa base.
* Faça um corte em V apontando para baixo no centro da placa, de forma que ele se alinhe com a depressão.
* Dobre o arco em forma de meia-lua e o amarre com os cordões de sapatos.
* Posicione a placa no chão e uma pequena quantidade de material inflamável sobre o corte em V.
* Segure a placa com o pé para propiciar estabilidade e posicione o arco em torno da broca, apoiada na depressão central da placa.
* Coloque o soquete sobre a broca, pressione moderadamente e acione a broca com movimentos repetitivos do arco. Isso fará com que a broca gire e criará um pó preto e quente que cairá sobre o material inflamável. Em pouco tempo, surgirão chamas e você poderá transferir o material inflamável aceso para o local da fogueira.

Fogo usando gelo

A técnica é uma variação do método que usa uma lente de aumento, no caso substituída por gelo.

* Encontre ou faça uma lente esférica de gelo com cerca de 5 a 7 cm de espessura em sua porção central. O gelo precisa ser transparente para que o método funcione. Caso você tenha uma panela, use-a para congelar água.
* Remova as porções turvas do gelo e apare o gelo em formato redondo e abaulado como uma lente de aumento.
* Use o calor de suas mãos para alisar o gelo – quanto mais liso, melhor.
* Obter gelo transparente é o grande desafio da técnica e não existe método garantido. O gelo de lagos e rios tem mais chance de ser transparentes.
* Assim que você tiver dado forma à sua lente, use o sol para concentrar um ponto de calor no material inflamável. Caso o calor não baste para inflamar o material, continue trabalhando para dar o formato correto à sua lente.

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: